Dicas

Dicas para que os candidatos tenham sucesso no processo de seleção!



Currículo

• Muita atenção na hora de enviá-lo por e-mail. Evite iniciar a mensagem com palavras que demonstrem uma intimidade que você não tem com o recrutador, como por exemplo: “Oi, tudo jóia?”. Lembre-se: você não está escrevendo para um amigo, está mantendo seu primeiro contato profissional com alguém que está lhe avaliando. Profissionalismo acima de tudo. 

• Quanto ao conteúdo do currículo, ele deve ser simples e ter uma boa diagramação. Mas atenção: simples não significa escrever somente 10 ou 15 linhas. Faça um resumo de sua vida profissional e dê destaque aos itens mais importantes.

• Quando informar seu grau de escolaridade, coloque apenas o que realmente agrega valor ao cargo que você quer ocupar. O recrutador não quer saber onde você fez o jardim da infância. 

• O mesmo vale para os empregos anteriores. Se você é um analista de sistemas e está se candidatando a uma vaga de gerente de TI, não vale a pena dizer que você começou a trabalhar como vendedor de uma loja de roupas, porque essa experiência não agrega valor à sua qualificação profissional para o cargo pretendido. 

• Números de documentos não são necessários, mas não esqueça de informar seus telefones e e-mails para contato. Evite colocar no currículo endereços de e-mails com apelidos, como por exemplo, "fofura@ijk.com". Pode causar uma má impressão no recrutador. Não é necessário colocar foto no currículo, a não ser quando exigido. 

Entrevista

• Ao ser convocado para uma entrevista, informe imediatamente se a vaga não for mais do seu interesse. Não perca o seu tempo e nem faça com que o entrevistador perca o dele. 

• Se o horário coincidir com outra entrevista que você já tenha agendado, explique a situação ao entrevistador e espere a resposta. Jamais force-o a se adequar à sua agenda, demonstre disponibilidade. Lembre-se que há outras pessoas concorrendo de igual para igual com você.

• Tenha calma ao falar e responda tudo o que lhe for perguntado. Seja sincero, não omita informações. Evite ser prolixo e vá direto ao assunto. Detalhes sobre sua vida pessoal são desnecessários, portanto, evite-os. E lembre-se: mantenha sempre o profissionalismo; evite piadas fora de hora e nunca, nunca pense em falar mal do seu chefe ou da empresa anterior. Isso é considerado falta grave pela maioria dos recrutadores. 

• Após falar sobre suas qualidades, não passe a idéia de que a vaga já é sua com perguntas do tipo: “Quando eu começo?”. Seja humilde, pois outras pessoas estão participando do mesmo processo seletivo e, na hora da avaliação final, tudo isto será levado em conta.


PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES EM UMA ENTREVISTA:



"Fale-me sobre você."

Este primeiro momento é para você mostrar seus atributos profissionais, como o domínio de línguas estrangeiras e de informática, experiência anterior, formação acadêmica, cursos suplementares, enfim, tudo o que  você disser tem que valorizar o seu currículo. Falar da sua vida pessoal pode ser arriscado, a não ser que o entrevistador pergunte.

"Quais são seus objetivos a curto e longo prazo?"
Os objetivos devem ser sempre específicos, somente profissionais. Mais uma vez, lembre-se: evite se referir à vida particular. A curto prazo você deseja ser supervisora, por exemplo. Porém, a longo prazo, já traçou metas e pretende iniciar um curso de especialização, podendo ter outras oportunidades na empresa.

"O que você procura na disputa por esta vaga?"

Uma das melhores respostas para essa pergunta é dizer que você busca novos desafios na sua vida profissional e a chance de contribuir para o crescimento da empresa.

"O que lhe atraiu na nossa organização?"

Neste caso, não vacile. Antes de tudo, procure saber o máximo que puder sobre a empresa que irá entrevistá-la. Atualmente, quase todas possuem informações disponíveis na internet e que poderão ser úteis durante a conversa.

"Quais são suas maiores qualidades?"

Não coloque muito entusiasmo na resposta, mas procure falar de desafios, de sua persistência para obtenção dos melhores resultados. Também pode demonstrar qualidades diretamente ligadas ao cargo em disputa, como dedicação, criatividade e responsabilidade. PS.: Evite soltar um "sou linda e interessante", por favor. Por mais que você realmente seja assim, pode
soar um tanto quanto pedante da sua parte.

"O que considera como seu ponto fraco?"

Essa pode ser uma armadilha. Por isso, tente sutilmente transformar o tal ponto fraco em forte. Responda aquilo que, na verdade, é positivo, tal como sou exigente e perfeccionista demais nas tarefas do dia-a-dia", por exemplo.

"Você prefere trabalhar sozinha ou em equipe?"

Saiba que na hora da entrevista detalhes aparentemente insignificantes podem ser a diferença entre o sucesso e o fracasso. Aqui, tudo dependerá do cargo. Mas nunca diga "tanto faz". Mencione o quanto é sempre bom trabalhar com pessoas diferentes, que você tem facilidade de se relacionar e se adapta às necessidades da empresa.

"Por que devemos contratá-la?"

Acredite, é possível responder a essa pergunta com tranqüilidade também. Diga, categoricamente, que tem o perfil ideal para a vaga e por isso respondeu ao anúncio.

"Você se considera uma líder?"

Não demonstre muita modéstia, responda afirmativamente e se mostre capaz de desenvolver mais essa qualidade.

"Cite um caso de sucesso na sua carreira."

Caso não tenha muito que falar da sua carreira, pois ainda quer ter uma, deixe claro para o entrevistador que o seu maior sucesso está por vir, graças ao seu desempenho pessoal e entusiasmo por novos desafios.

"Você estaria disposta a mudar de cidade?"

Se o entrevistador fizer esta pergunta e você ainda não havia pensado nessa hipótese, não feche as portas logo de cara, diga que pode pensar a respeito. Afinal, dependendo da oferta da empresa, pode valer a pena.
Agora, se já estava disposta a se mudar, diga que sim, com toda segurança.